Home / Palavra Pastoral / O padre das prisões – um documentário pela justiça social

O padre das prisões – um documentário pela justiça social

Capturar“O padre das prisões” é um documentário sobre o trabalho da assistência espiritual e religiosa que há 40 anos o Padre João Gonçalves desenvolve nas cadeias da Diocese de Aveiro em Portugal sendo atualmente coordenador nacional da Pastoral Penitenciária.

O documentário tem a realização de Daniela Leitão com o argumento de Inês Leitão. Estas duas irmãs assinalam assim o Dia Internacional da Justiça Social que se celebra nesta sexta-feira, 20 de fevereiro, e fazem a apresentação pública do filme, no edifício da antiga Capitania de Aveiro neste sábado, dia 21. Durante os próximos dias sucedem-se apresentações nas cidades de Lisboa, Porto e Braga.

“O padre João Gonçalves e a Pastoral Penitenciária devem ser uma referência daquilo que é o trabalho da Igreja portuguesa com os que estão verdadeiramente na margem, e poder ajudar a sua ação pública, é um desafio profundo e uma pequena felicidade”, referiu Inês Leitão à Agência Ecclesia.

Este trabalho, com imagem de Ricardo Vieira, chega ao público um ano e um dia depois de as irmãs Leitão se terem encontrado com o Papa no Vaticano, para lhe entregar um documentário sobre o trabalho dos missionários da Consolata e a realidade social do bairro do Zambujal.

O padre João Gonçalves, segundo a argumentista, tem sido “um microfone”, a “voz dos mudos, das pessoas reclusas”.

Para Inês Leitão, a linha entre a pena e o castigo “é ténue” e “ninguém está livre” de um dia ir para uma cadeia: “Ninguém faz a ideia do que é uma reclusão, o que é viver numa cadeia portuguesa”.

O padre João Gonçalves visita a cadeia de Aveiro à segunda-feira para a celebração da Palavra e recebe individualmente os reclusos.

Deste documentário apresentamos aqui um excerto da ‘trailer’ que foi publicada pela Agência Ecclesia e em vários media portugueses.

Padre João Gonçalves, o padre das prisões, uma experiência de 40 anos agora recolhida num documentário.

(RS/Ecclesia)

Veja Também

CAMPANHA MISSIONÁRIA 2020 FAZ APELO À IGREJA: “ESTAR EM SAÍDA, APROFUNDAR E VIVER A MISSÃO”

Deixe uma resposta